segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Nimbus Entrevista: Larissa Oliveira

 Hoje eu converso com Larissa Oliveira, graduando em Administração de Empresas pela Universidade Metodista de Birigui.

Nimbus: Do que nós vamos falar?
Larissa: relacionamentos.

N: E o que faz parte de um relacionamento para você?
L: Sinceridade, amor, respeito, carinho.

N: Como deve ser um relacionamento, como usar esses meios pra se relacionar com alguém?
L: A pessoa deve ser sincera em seus sentimentos, para saber se é o que realmente quer e não magoar o outro.

N: Mas qual seria a base dessa sinceridade? Não trair, não mentir?
L: Não mentir, traição você consegue perdoar, mentira não. Dói mais.

N: Mas traição de certa forma seria uma mentira, porque a gente nunca sabe no dia seguinte, ou seria mais uma omissão, uma omissão da verdade?
L: A traição pode ser uma mentira, mas a mentira em si é pior. Porque na traição você apenas omite, você está escondendo a verdade, mas não esta aumentando uma mentira.

N: E o que seria a mentira então, senão a omissão da verdade?
L: Mentira dói muito mais que a omissão, pois a traição é um ato a mentira é um fato que não aconteceu. Por isso a diferença. Porque todo FATO é proveniente de um ATO, mas nem todo ATO será proveniente de um FATO.

N: E como resolver uma traição, considerando-se como traidor e traído?
L: Não diria que tem uma solução, mas teria como prevenir.

Como prevenir então?
L: Além de tudo o respeito, amor, sinceridade... Você tem que dar tudo o que o seu parceiro (a) sente falta porque se você não der outros darão.

N: Aquele ditado que diz que quando a pessoa não tem em casa ela procura na rua é válido?
L: Acho que sim, porque o que você não tem na sua casa você procura na rua, em todos os sentidos!

N: Logo, a pessoa também tem que ser "boa de cama"?
Sim, todos têm que ter suas artimanhas na cama...

N: Como fazer então pra um relacionamento ficar mais apimentado, é preciso criatividade, ou apenas ser romântico?
L: Digamos que um pouco dos dois, ninguém vive só de romance, tem que ter suas criatividades (fantasias etc..)

N: ciúme às vezes é importante?
L: Às vezes, se for um ciúme leve, da para suportar... ciúme excessivo faz com que o  relacionamento se gaste e acabe rápido!!

N: E quando o ciúme afeta o relacionamento familiar e o ciclo de amizades do parceiro, o que fazer?
L: Pensar e refletir que antes de conhecer o seu parceiro (a), ele tinha uma família e amigos, que ele (a) não nasceu e cresceu sozinha (o) na vida.

N: Às vezes nós homens esperamos demais das mulheres, e vocês fazem o mesmo por nós. O que esperar de um homem e o que esperar de uma mulher?
L: Eu acho que o homem espera o tempo determinado para aproximar da mulher, para conhecê-la. Já as mulheres, hoje estão mais atrevidas que os homens, se elas percebem um olhar diferente já vão direto para o ataque, ou seja, intima o rapaz para ver se é isso mesmo que ela pensava. É claro que não é porque a mulher tomou iniciativa, que ele deve se sentir inferior e sim à altura para corresponder ao encontro. Isto é, se ele sentir o mesmo pela mulher.

N: Você disse que a mulher está tomando iniciativa, mas eu vejo muito por aí a seguinte frase: "quando esperamos pelo príncipe no cavalo branco, às vezes vem somente o cavalo". Esperar pelo príncipe é apenas questão de tempo, ou você acha que as mulheres esqueceram que os sapos também viram príncipes nos contos de fadas?
L: Os Sapos viram príncipes somente em conto de fadas, na vida real príncipes são príncipes, sapos são sapos. A garota que pensa que a vida é um conto de fada, coitada, vai sofrer mais que as princesas dos contos. Tudo que é sonhado nem sempre é realizado (sonhos são somente sonhos).

N: Defina Larissa em uma palavra.
L: Responsável.

N: Amigo em uma palavra.
L: Confiança.

N: Amor em uma palavra.
L: Respeito.

N: Um sonho?
L: Ser feliz

N: O mundo?
L: O meu mundo.

Eu agradeço a Larissa Francine por autorizar a publicação da entrevista e desejo a ela os meus protestos de mais elevada estima e consideração. Não deixem de comentar enão percam o próximo:

3 comentários:

  1. olá, sou a Laryssa quero agradecer pelo convite e adorei ser intrevistada e saber o que realmente penso..!!!

    ResponderExcluir
  2. Aiii
    adorooo isso tudo =))))))))! adoro seu blog de verdade carlos xD

    ResponderExcluir
  3. E eu adoro vcs, Jane e Larissa, muito, mesmo!!!!!

    Lógico, adoro tbm quem segue meu blog, afinal são vcs que fazem ele seguir adiante. Obrigado!

    ResponderExcluir