sábado, 5 de fevereiro de 2011

Nimbus Entrevista: Marina Floro


Eu conversei com Marina Floro, que cursa Ciências Biológicas na Unesp de Ilha Solteira. Nós tivemos uma conversa maravilhosa sobre vida, fama e o modo de agir da atual adolescência que nos cerca.



O que você acha da atual adolescência?

Bom, a atual adolescência ta muito diferente do que antigamente, hoje se tem muito mais liberdade pra se fazer o que quer, mas isso faz com que os adolescentes de hoje se tornem cada vez mais irresponsáveis, fazem coisas sem pensar em suas conseqüências


Você acha que isso pode ser uma tentativa deles se aparecerem?

Sim, cada vez mais hoje vemos essas atitudes desses adolescentes, que nos fazem pensar: cadê os pais dessa pessoa? Mas também ai entra outra parte, será que os pais souberam dar o amor e a educação necessária parar ela? Eu acho que os dois lados são responsáveis por isso!


A carência de amor e educação gerou tudo isso. Seria uma forma de rebeldia?

Sim, falo isso também por minha parte, eu senti muito isso e ainda sinto, por exemplo, mais falta de amor, e às vezes tomo muitas atitudes para poder fazer com que meus pais prestem a atenção em mim!


Mas essa forma generalizada de tentar aparecer, até por que eles andam no que a gente chama de tribos urbanas, pode ser gerado, manipulado, ou é um processo natural?

Eu acho que é mais manipulado já que é um meio de chamar atenção, porque depois que o tempo a viram adultos e a maioria às vezes nem andam mais como antigamente! Bom, não são com todos que isso acontece!


Por falar em antigamente, essa rebeldia manipulada, nos remete ao Woodstock, logo, pensamos em rock. O rock atual adolescente virou modinha. Como você compararia o rock passado do atual?

Bom como amante do rock, eu tenho muito a falar sobre isso, o rock de antigamente era muito melhor do que o de hoje sem dúvida, suas letras tinham sentido, muitas vezes por trás tinha causas sociais, bom naquela época nem tudo era permitido então eles buscavam uma forma de falar! Hoje o rock é totalmente mudado perdeu seu sentido, virou modinha, hoje qualquer gosta de rock, mas ninguém sabe sua história, hoje as pessoas acreditam que ouvindo restart e outras coisas, acham que estão ouvindo rock! O rock perdeu sua característica!


Se ele perdeu sua característica, você classificaria a musicas dessas "boyband" como rock?

Nunca classificaria! Afinal eles nem tocar uma guitarra sabem e nem cantar! Quero ver tocar como o Jimmy Hendrix e cantar como o Axl Rose!


Creio que você conheça o AutoTunes, aquele software que melhora a voz do cantor. Você acha que esse software auxiliou a fama adolescente, de forma a auxiliar também a perda das características do Rock primitivo?

Sim, isso é o que a gente vê pelas ruas, pessoas que gostam de uma banda, que o cantor não canta! andam como eles, e cantam qualquer coisa sem ver o sentido da letra, isso se tiver uma letra descente!


De certa forma, você concorda que estamos criando adolescente cada vez mais sem personalidade?

Concordo! porque hoje os jovens não querem ser alguém, querem ser como seus ídolos! ele não conseguem distinguir sua vida com a do seu ídolo, é preciso separar uma coisa da outra, afinal você não sabe como seu ídolo é quando ninguém ta olhando! e é nessa fase que você consegue enfim ir tendo uma personalidade! é nessa fase que você vive as melhores coisas e daí que você vai ser um adulto!


Quando os Beatles ficaram populares, o cabelão e a calça cós alto viraram moda. Quando o Restart ficou popular, as calças coloridas viraram moda, sem contar que o movimento emo é um caso a parte. Por que condenar um e outro não?

Porque, se você comparar os adolescentes de antigamente e ver os adultos que se tornaram, e comparar com os adolescentes de hoje, você vê muita diferença! hoje os adolescentes tem atitudes bem piores.


Essas atitudes, causada por essa falta de perspectiva, pode vir a afetar a política de nosso país no futuro?

Pode sim, pessoas que não conseguem cuidar de si mesma, não tem uma perspectiva, nunca vão poder cuidar de um país.


O que fazer?
Isso realmente não sei! talvez os pais tomarem uma atitude? Não sei mesmo!


Num país, onde a palmada é proibida, a política de governo atual influencia tal atitude adolescente?

Ah com certeza! eu não sou a melhor pessoa do mundo, mas já apanhei muito da minha mãe quando quis ser um pouco mais rebelde (:


Mas quando essas bandas sazonais (sim, porque não terão muita duração) acabarem, o que aconteceria com esses adolescentes?

Acho que encontrariam bandas novas que vão substituir essas que acabaram, penso que é um ciclo sem fim! Aí vai ser isso até crescerem e perceberem que isso não tem mais graça e esquecerem, bom isso que eu penso !


O que explica essas "boyband” com personalidade, características próprias (como optar por calças coloridas, por exemplo) e ao mesmo tempo espectadores sem personalidade alguma?

Falta de discernimento !


Uma opinião sincera sobre o que possivelmente acontecerá com o pais dessa geração.

Eu acho que se tá pior, vai piorar ainda mais! não vai ser como o tiririca disse ! pois pior que tá fica (:

Defina Marina em uma palavra.

Problemática.


Amigo em uma palavra.

Amor.


Amor em uma palavra.

Tudo.


Um sonho?

Formar, casar e ter filhos, morar no Japão (#clichê eu sei).


O mundo?

Fim em 2012.


Foi um prazer falar com a Marina Floro, principalmente sobre algo que está em alta atualmente. Eu agradeço a ela pela entrevista cedida ao Blog Abrido&Aberto e desejo a ela os meus protestos de mais elevada estima e consideração. Não deixe de comentar e apreciar o próximo:



Nenhum comentário:

Postar um comentário