sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

O Fim do Ciclo

    A cada ano que passa, temos o fim de um ciclo. Um longo ciclo que percorremos durante esses 365 dias (ou 366, em bissextos) presentes no calendário de cada ano. Mas afinal, o que é esse ciclo? Não são somente os dias, as horas, os minutos, os segundos ou mesmo cada milésimo que passamos, mas é algo que temos com nós mesmos, algo que nos prende ao tempo e que nos guia para cada acontecimento das 52 semanas. Passamos por datas festivas, comemorativas, datas que poderiam ser marcantes como um feriado entre amigos ou datas que ninguém lembraria, como o Dia do Cacau (26/03). Passamos por datas capitalistas, sim, capitalistas. Aquelas datas em que gastamos o que não temos para ver o sorriso de alguém ou para simplesmente fazê-lo(a) feliz por algum momento. Contudo, essas datas não se resumem no gastar, mas no carinho que é demonstrado e no amor que é passado, transformando o dinheiro na coisa mais inútil ali presente.
    E no final de cada ciclo destes, refletimos: E então... Valeu a pena? Valeu a pena passar uma hora na fila do caixa para levar umas guloseimas ao seu filho? Valeu a pena passar sua tarde estudando e mostrar o Dez à sua mãe? Valeu a pena ter paciência com sua avó? Valeu a pena esperar 9 meses e ver seu filho (a) nascer saudável? Valeu? Como diria Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena." E realmente vale. Cada minuto, cada segundo.
    Assim que o ciclo acaba, à meia-noite do dia 31/12, um novo inicia-se, trazendo novas expectativas, novas oportunidades, novas mudanças, novas pessoas e mais coisas novas para que nada seja como antes. Viva, experimente, curta e faça seu 2012 valer a pena, como eu espero que 2011 tenha valido. Lembre-se que as coisas boas virão acompanhando as más e, desse modo, cabe a cada um de nós fazermos a escolha e provar que a diferença está mais do que somente na aparência. Para todos, um feliz e novo 2012, com o ciclo renovando suas vidas, apagando o desnecessário e marcando o importante no ano que hoje se encerra.
             A seguir, um poema de um grande amigo, um irmão meu.
 

               Obrigado, 2011!

                       Aqui estamos, no último dia do ano
                       E eu gostaria de agradecer a todos que fizeram parte dele
                       Com certeza cada um de vocês foi muito importante
                       Esta etapa da minha vida acabou
                       Mas espero que vocês ainda permaneçam nas próximas

                       Como em qualquer ano, guardarei mágoas
                       Assim como guardarei vários momentos felizes com todos
                       A vida é feita de experiências
                       E o ano de 2011 foi cheio delas
                       Só nos resta torcer para que o ano de 2012 seja de igual a melhor 
                       Muito obrigado, e que todos estejam comigo a seguir!
 Por Lucas Giesteira Cardoso          


"Desistir no meio do caminho é pior do que nunca ao menos ter tentado." - Misato Katsuragi, Neon Genesis Evangelion.


                 ~Gostaria de dedicar essa singela postagem à minha avó, que nos deixou em setembro. ~

Nenhum comentário:

Postar um comentário