segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Hipocrisia e estupidez

    "E nós já fomos mais inteligentes", disse a sábia frase do jornalista Carlos Nascimento, do SBT. O pior de tudo, é que ele tem razão. Pra não generalizar, vamos analisar principalmente nossa saudosa população brasileira.  Há cerca de quinze dias dois assuntos tomaram conta das redes sociais mais populares, o Facebook e o Twitter. Um deles, um tanto quanto ridículo, e o outro com alguma seriedade, mas de fonte tão fútil quanto o anterior.
    Primeiramente, o fato de uma garota completamente desconhecida (apesar de muito bonita, inegavelmente) estar no Canadá e virar um dos assuntos mais comentados na internet brasuca. Luiza (sim, a que estava no Canadá) é filha de Gerardo Rabello, empresário dono de um empreendimento imobiliário na Paraíba, o qual a fez famosa por uma frase, até então comum, mas que virou motivo de chacota em pouco tempo. A garota estava fora do país fazendo um curso de intercâmbio e, dessa maneira, não estava presente no dia da gravação da propaganda do novo negócio do pai. Logo, inocentemente, ele disse: "Reuni toda a famíla, menos Luiza, que está no Canadá [...]" E caiu na graça da web. Ele, provavelmente, não fazia a menor ideia do que isso tornar-se-ia. Com a iminente 'fama' da garota, o pai a fez voltar mais cedo do país em que estava, gravou um comercial somente com ela, aproveitou os minutos de celebridade da filha e, acredite, até na Globo ela foi parar.
    O outro assunto, certamente mais sério, é o tal estupro de uma das participantes do programa Big Brother Brasil, veiculado pela Rede Globo, por outro dos 'brothers', como são chamados no programa. Convenhamos que isso é realmente um caso mais íntegro e merece algum destaque. Ou não, pois estupro no Brasil já virou rotina e essa propagação toda foi somente porque ocorreu na frente da mídia mais sensacionalista do país, num programa frívolo que não acrescenta nenhum tipo de sabedoria ou conhecimento à quem o assiste, mas que, claramente, bate recorde de audiência. Sobre o ocorrido, o rapaz foi eliminado da competição e a garota continuou lá. De acordo com o áudio do programa, conclui que ambos consentiram ao ato, pois se você é estuprada e não faz nada pra sair da situação, algo aí está errado.
    Do mesmo modo que iniciei, terminarei. Dois assuntos que não saíram nem da timeline do Twitter nem da mesma no Facebook. Tópicos que com certeza irritaram muita gente, com piadas infames sobre ambos os casos e que nenhuma leve risada conseguiu arrancar. Agora não me venha você, jovem (ou mesmo adulto) alienado dizer que não acompanhou pelo menos um assunto. Não queira negar que assiste o programa global ou que não fez alguma piada sobre a garota paraibana. Ou então negue e seja apenas mais um hipócrita ridículo que aparenta ser cheio de opiniões mas não consegue dissertar sobre qualquer assunto, por mais 'fácil' que ele seja. Em contra partida, eu não assito ao programa pois tenho meus princípios e não fiz qualquer piada sobre a menina. Chame-me de hipócrita, se quiser, mas garanto a verdade em tudo que disse. E somente sei sobre o que escrevi devido à uma pequena pesquisa para poder ter uma base e não dizer besteiras. 



"Há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana, só não estou certo quanto ao universo " - Albert Einstein, físico alemão.

2 comentários:

  1. Particularmente, eu assisto a alguns programas do estilo reality show. Inclusive a Record apresenta um na Amazônia, que me parece interessante. E não vou negar, vi todas as edições do BBB. Mas algo que eu não aprovo é o sensacionalismo em cima disso. Eu sei, muita gente não gosta, mas a grande massa, o povão, gera parte dos 400 milhões (o que o programa faturou só nessa edição). Realmente um ato ridículo dos dois, e principalmente, do público que linchou virtualmente o participante. Mas convenhamos, o programa gera audiência pras outras emissoras. O programa não perde sua essência, os brasileiros que perdem seus valores. Quanto a Luiza, com certeza ja fomos mais inteligentes.

    Ótimos argumentos, citando Einstein. Belo texto, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. O Tempo passa e apaga a maioria das coisas.....
    Porém o bom senso, o respeito ao próximo, e umas coisinhas mais...
    devem ficar.....
    É pena que só algumas pessoas percebem isso, será que alguns valores como os citados acima ja se perderam tb?
    Puxa!!!!
    Como o tempo passa depressa...
    Otimo texto!
    Parabens!

    ResponderExcluir