domingo, 22 de janeiro de 2012

Regras e Exceções


Outro dia me perguntaram: “Por que as pessoas choram?” Numa busca frustrante eu não soube responder.

Você já se sentiu uma exceção em meio às regras? Um apanhado de coisas que nunca deram certo? Com certeza já deve ter se perguntado de a grama do vizinho é mais verde. E tenha certeza, o vizinho pensa a mesma coisa da sua grama.

Quando o humano saiu da caverna, ele aprendeu a fingir. Ele descobriu que nem todas as pessoas vêem a alma, e sua sanidade; e que pode achar que é feliz, mesmo sabendo que vai desmoronar no próximo passo. Essa arte de representar vem não é de hoje, transformando a sociedade em céticos sentimentais.

Claro que ninguém é obrigado a enxergar os problemas do outro, ou ouvir desabafos desesperados dos melhores amigos. Mas guardar mágoas como tralhas na garagem também não é a melhor solução. E quando não agüentamos mais, explodimos. Eu, particularmente, não consigo pensar direito quando tenho problemas emocionais. Tudo parece mais embaçado, minha lógica vive falhando e meu coração vive apertado.

Mas não é de mim que estamos falando. Falamos do fingimento das pessoas, que não sabem até quando devem esconder que não estão bem. Talvez elas tenham percebido, de forma errônea que fingir pra agradar dar certo. Mas por quanto tempo?

De repente você se vê pressionado, tendendo a fazer coisas que vão contra seus valores pessoais e emocionais, matando e morrendo, pra se tornar uma regra, e deixa passar despercebido, que a exceção nada mais é do que uma válvula de escape de todas as mesmices sociais. Toda regra tem exceção e toda exceção é necessária.

Outro dia me perguntaram: “Por que as pessoas choram?” Numa busca frustrante eu não soube responder. Eu não precisei procurar mais pela resposta.

As pessoas choram porque sua mente e sua alma estão cansadas. Às vezes – em sua maioria – não convém se tornar o que as pessoas ao seu redor querem. Deixar mente e almas cansadas podem ser uma regra; chorar pode ser uma exceção. Mas não é por ser uma exceção, que não deva existir uma freqüência.

Siga em frente, lave a alma. Mostre ao mundo seu potencial. Seja uma exceção. Seja excepcional.


Nenhum comentário:

Postar um comentário