segunda-feira, 14 de maio de 2012

[CON]Fusão - Guerra ao amor



Eu não sei explicar bem o motivo, mas você é a única coisa na qual eu consigo me concentrar agora.
 
Isso é péssimo, sabia? Eu queria poder sentir isso por outro alguém.
Podia ser um alguém que me odiasse, só pra variar.
 
Daí essa pessoa nunca me daria a atenção que você me dá. Nunca me entenderia como você me entende. Nunca iria sorrir para mim como você sorri. Nunca me daria esperanças e ilusões de ser tão importante para mim como você é.
 
Sabe o que está me matando? Aquele seu "eu sabia" e a maldita troca de assunto. Sua indiferença para comigo me corrói por dentro, faz-me querer odiar-te sem poder, sem conseguir nem um fio da tua consideração.
 
Não te desejo mal algum, pelo contrário. Mas queria não mais pensar em você como venho pensando.
 
Eu odeio gostar de você. Com cada fibra do meu ser.
 
Era só isso que eu tinha pra dizer.

Ana Carolina Simões é estudante de Ensino Médio e escritora convidada do Blog. Escreve para a Coluna [CON]Fusão quinzenalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário